[LinuxFocus-icon]
Início  |  Mapa  |  Índice  |  Procura

Novidades | Arquivos | Links | Sobre LF
convert to palmConverter para GutenPalm
ou PalmDoc

Bem-vindos à edição de Março de 2002

[netscape62] Quando que o Linux se tornará no sistema de desktop líder? Muitas pessoas (incluindo o seu editor) estão a utilizar o Linux como desktop, desde alguns anos e nem sequer têm um segundo sistema operativo instalado. Porque que o Linux está a avançar no desktop tão lentamente ? Certamente, que existem aplicações suficientes: processadores de texto como o Ted, o KWord, o Abiword, o Openoffice, o Applix ..., [openoffice] browsers como o Opera, o Netscape, o Mozilla, o konqueror.... mas o que que est errado com estas aplicações ? Bem, construir um desktop estável, estruturado e funcional é uma tarefa longa e difícil. O Netscape e o Mozilla conseguiram, por fim, ter um browser rápido, personalizável (componentes diferentes, configurações e Temas, parece realmente bom!) mas falta-lhes estabilidade. Pode utilizá-los para visitar sites bem desenhados mas sites comerciais fazem, simplesmente, "arrebentar" com o browser. O Staroffice conhecido como um desktop sobre outro desktop. Muitas pessoas no gostam nada dele. O Openoffice agora o que espera de uma aplicação do tipo office. Pode, inclusivé utilizar (e imprimir!) todas as suas fontes, incluindo fontes truetype mas "morre" quando clica em frames ou imprime lixo quando utiliza fontes diferentes numa página. Penso que me entende.
Estamos ainda a meio do desenvolvimento e as poucas aplicações que so sólidas como rochedo, como o Ted ou o Opera 5, perdem pela falta de funcionalidade. O resultado é que precisa de utilizar várias aplicações em paralelo para contornar os problemas. Ver-se-á a visitar sites A, B e C com o Opera enquanto que outros são mais apresentáveis com o Netscape.

O que devemos fazer? O Linux é um dos líderes em sistemas operativos para servidores, é um bom sistema operativo para sistemas embebidos e muito bom para desenvolvimento de software. Isto é certamente, o princípio do Linux no desktop. Tenho a certeza que a situação mudará num futuro próximo.
Até lá devemos trabalhar em conjunto para suportar os projectos de desenvolvimento com relatórios de bugs, correcções de código (patch) e talvez, envolvermo-nos na sua concepção. Estou convencido que também seremos fortes no desktop. Só demorará mais um pouco.



Artigos LinuxFocus.org

Desenvolvimento de Software

Hardware

Aplicações

Administração de Sistema

Jogos

Gráficos

Artigos da Linux Gazette

Dica da LinuxFocus

[ediff] O comando Unix diff é bastante bom para comparar 2 ficheiros de texto linha a linha e consegue, facilmente, ver as linhas que são diferentes. Por vezes é difícil ver os caracteres que mudam numa linha. Aqui vem o modo diff do emacs. O Ediff assinala todas as diferenças a cor e torna fácil de marcar as diferenças mesmo numa linha. Para iniciar o ediff abra o emacs e digite:
emacs and type:
M-x ediff-files
No diálogo seguinte dá os 2 ficheiros que quer diferenciar (diff). Põe o cursor na pequena popup que lhe aparecerá e puderá saltar de diff para diff com as teclas n e p.

[linuxprinting.org] O site www.linuxprinting.org é uma boa referência para os drivers de impressoras. Para impressoras a laser a preto e branco para a maioria das impressoras a cores encontrará muita informação acerca dos drivers. Para impressoras jet recentes deve também ver www.turboprint.de. A Turboprint oferece drivers comerciais para o Linux sob condições justas e pode testar o software antes de o comprar. O seu editor descobriu que o driver turboprint para a sua hp970c produz melhores resultados que o driver original da HP.




© 2002 LinuxFocus
Click aqui para a lista de contacto das pessoas da LinuxFocus